Tarifas da Celesc Distribuição S.A (SC) tiveram revisões aprovadas

Celesc (SC) - 01/09/2016

Prime Energy
Research

No último dia 16/8, em reunião pública ordinária da ANEEL, foram aprovadas as revisões periódicas das tarifas da Celesc Distribuição S.A. As novas tarifas da distribuidora entraram em vigor no dia 22/8 para 2,7 milhões de unidades consumidoras de Santa Catarina. Os consumidores residenciais da região vão ter uma redução de -2,94% na tarifa.

Alta tensão em média (indústrias) -6,25%

Baixa tensão em média -2,62%

Efeito médio para o consumidor -4,16%

O efeito médio da alta tensão refere-se às classes A1 (>= 230 kV), A2 (de 88 a 138 kV), A3 (69 kV) e A4 (de 2,3 a 25 kV). Para a baixa tensão, a média engloba as classes B1 (Residencial e subclasse residencial baixa renda); B2 (Rural: subclasses, como agropecuária, cooperativa de eletrificação rural, indústria rural, serviço público de irrigação rural); B3 (Industrial, comercial, serviços e outras atividades, poder público, serviço público e consumo próprio); e B4 (Iluminação pública).

Essa revisão tarifária é aplicada em média a cada quatro anos e está prevista nas concessões das distribuidoras. O objetivo delas é chegar a um equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e na cobertura de despesas efetivamente reconhecidas pela ANEEL.

 

Obs. Para clientes Livres essa informação é meramente informativa, clique e saiba mais sobre o Mercado Livre de Energia.

WhatsApp