Seca deve elevar as tarifas de energia no Nordeste

Consumidor Livre - 08/02/2017

Prime Energy
Research

Em entrevista para o caderno de economia da Folha (PE), Mateus Tolentino, da Prime Energy, aponta que informações meteorológicas dão conta de que não teremos uma recuperação dos níveis este ano no estado de Pernambuco. “O que dificulta a transição dos que pensam em ir para o mercado livre, porque, a partir do momento em que a seca se acentua, o custo do PLD (que regula o preço na energia naquele mercado) no Nordeste aumenta. Ou seja, passará a não ser interessante ser um cliente livre”. Em tese, o megawatt nesse mercado é menor que o oferecido pela distribuidora de energia de cada estado. Somente os clientes de alta tensão podem ir para o mercado livre.

Clique aqui e leia a matéria >>

WhatsApp