Mercado livre encerrou 2021 com recorde de migração

Ambiente de Contratação Livre (ACL) - 16/02/2022

Prime Energy
Prime Energy

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) divulgou, no final de janeiro, um novo recorde de migração para o mercado livre. Isso porque 5.563 novas unidades fizeram a adesão em 2021. Atualmente, o ambiente de contratação livre (ACL) conta com 26,6 mil ativos de consumo, crescimento de 2,47 vezes nos últimos cinco anos.

Hoje o ACL representa 34,5% de toda a energia elétrica consumida no Sistema Interligado Nacional (SNI). Na análise da CCEE, três fatores foram fundamentais para o crescimento, sendo a viabilidade financeira o principal, uma vez que o sistema possibilita negociar valores e uma maior flexibilidade contratual.

A previsibilidade orçamentária é outra vantagem econômica, uma vez que o consumidor pode adquirir eletricidade sob demanda. Por oferecer a possibilidade de que o usuário escolha a fonte da energia contratada, o ambiente livre também é mais atrativo para empresas e consumidores cada vez mais preocupados com impactos ambientais e sustentabilidade.

Atualmente, somente grandes consumidores, com demanda superior a 500 kW, podem acessar o ACL. No entanto, no final de dezembro, a CCEE apresentou ao Ministério de Minas e Energia (MME) e à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propostas de aprimoramentos regulatórios para um avanço na abertura do mercado livre a mais consumidores, de forma segura e equilibrada.

WhatsApp