Notícias

Fonte solar fotovoltaica é foco em projeto em tramitação no senado

  • 22/10/2019

Fonte solar fotovoltaica é foco em projeto em tramitação no senado. O objetivo do projeto é atingir 7% de todo campo de geração brasileiro com energia de geração fotovoltaica.


A criação de um Programa de Incentivo à Fonte Solar Fotovoltaica (PISF) está sendo proposta no Senado. Assim, os leilões de energia nova da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) terão o mínimo de participação de 20% dessa energia. A relatoria está nas mãos do senador Rodrigo Pacheco (DEM/MG).

O senador Alessandro Vieira (Cidadania/SE) foi o responsável por protocolar a ação, que pretende que a geração da energia solar fotovoltaica seja realidade presente em 7% de todo campo de geração brasileiro e será debatida na Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) do Senado.

A geração de energia solar fotovoltaica no País

Hoje, a porcentagem dessa energia está presente em 1,36% do contingente do Brasil, que é de 167 GW. São 2,3 GW de capacidade instalada, com 3.052 usinas localizadas majoritariamente no Nordeste do País.

Os números chegam a 870 megawatts (MW) de potência utilizada pela energia solar fotovoltaica das 82,6 mil micro e miniusinas, que chegam a gerar mais de 1 GW de energia elétrica no Brasil.

Nas normas atuais, há possibilidade de utilizar a energia excedente de uma unidade consumidora com micro e minigeração para abater o mesmo valor de energia consumida. Essas regras estão sendo repensadas pela Aneel ao mesmo tempo em que é feito o novo projeto.

Uma das principais questões diz respeito à valorização da tarifa de energia acordada para os consumidores pela energia injetada na rede pelo micro ou minigerador. Assim, sem as alterações, segundo a Aneel, pode haver um aumento de custo para os usuários da rede que não possuem sistema de geração própria.

A necessidade de transição e a permanência das atuais regras para os que já investiram são os pontos defendidos pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), associação representante do setor fotovoltaico, que se preocupa com a interrupção dos investimentos.

 

Conteúdo original: blog Geração Distribuída.


Compartilhe essa notícia:
Fale Conosco
São Paulo
  • Alameda Santos, 1.940 – Conj. 22
    Cerqueira César - São Paulo – SP – CEP 01418-102
  • Tel.: +55 11 4564-4600 / +55 11 2730-6370
  • contato@primeenergy.com.br
  • Segunda a sexta-feira: das 9h às 18h
Londrina
  • Avenida Higienópolis, 1601, sala 1105
    Jardim Higienópolis - Londrina – PR – CEP 86015-010
  • Tel.: +55 43 3037-6660
  • contato@primeenergy.com.br
  • Segunda a sexta-feira: das 9h às 18h
Fortaleza
  • Rua Dr. Gilberto Studart, 55 – Sala 314 T1
    Cocó - Fortaleza – CE – CEP 60192-105
  • Tel.: +55 85 2180-5080
  • contato@primeenergy.com.br
  • Segunda a sexta-feira: das 9h às 18h

Prime Energy
Alameda Santos, 1.940 – Conj. 22 - Cerqueira César, São Paulo - SP, 01418-102, Brasil
-23.5604012
-46.659493
Telefone: +55 11 4564-4600
Telefone: +55 11 2730-6370
contato@primeenergy.com.br