Crescimento de 23% no mercado livre é estimado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica

26/06/2020

Prime Energy
Research

Desde maio, que contava com 7.689 consumidores, o mercado livre apresentou uma situação de crescimento em meio à pandemia. Se comparado ao ano anterior, o setor aponta 23% de vantagem, de acordo com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). Contando com os agentes desligados no período, há elevação de 8% no número de agentes (9.725 contra 9.010) em relação ao período de dezembro a maio.

A CCEE, no dia 15 de junho, apontou 718 migrações de janeiro a maio, mantendo o que vinha acontecendo nos últimos meses. Desse número, 50 são consumidores livres e 668 especiais adentrando o Ambiente de Contratação Livre (ACL).

No mês de maio, a CCEE recebeu inúmeras associações. Do total de 140 agentes, são 126 consumidores especiais e oito livres, além de 36 usinas independentes e dez novas comercializadoras. Entre os consumidores, oito possuem carga maior que 2 MW, 11 apontam carga entre 1 MW e 1,99 MW, e 115 têm carga de até 1MW.

De todo o percentual de agentes na migração por submercado, as Regiões Sudeste/Centro-Oeste concentraram 59% do total.

Cerca de 765 novos consumidores especiais fazem parte dos 1.019 processos de adesão à CCEE em andamento. No fim do mês de maio, 21 solicitações estavam sujeitas a àprovação e 23 comercializadores varejistas já estavam aprovados.

WhatsApp