Notícias

CCEE facilita migração para o Mercado Livre de Energia

Vai ficar mais fácil para os consumidores comprar eletricidade no Mercado Livre de Energia...


Vai ficar mais fácil para os consumidores comprar eletricidade no Mercado Livre de Energia. A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) vai diminuir as exigências para que os consumidores passem a negociar contratos de fornecimento direto com as geradoras e comercializadoras.

Atualmente 24,6% da energia  comercializada no Brasil é negociada no Mercado Livre de Energia elétrica , e os elevados reajustes tarifários praticados pelas distribuidoras têm deixado o ambiente livre ainda mais atrativo.

Uma das principais mudanças propostas é que não seja mais necessário investir em novos equipamentos de medição de consumo  ao migrar para esse mercado. Segundo o presidente do conselho da CCEE, Rui Altieri, espera-se que ainda este ano já não seja necessária a presença de um medidor extra e que, a partir de 2016, os consumidores possam começar a atuar nesse mercado com o mesmo equipamento utilizado para faturamento pelas distribuidoras.

“Com isso, o consumidor poderá migrar imediatamente. O sistema da Eletropaulo, por exemplo, já é compatível com o nosso (para envio dos dados). Para 2016, o trabalho é tornar o sistema de todas as distribuidoras compatível”, disse Altieri.

Além disso, destacou que a criação de uma nova figura regulatória, o comercializador varejista, facilitou o desenvolvimento do mercado livre, pois os clientes desses comercializadores não precisarão se cadastrar na CCEE para operar no mercado, evitando um processo complexo e cheio de detalhes técnicos.

“Acho que não existe mais nenhuma barreira para a migração, não por preço. Com essas facilidades, de sistemática de medição, comercializador varejista, supera-se qualquer dificuldade”, disse Altieri.

Outro ponto de destaque para a medida é que a expansão do Mercado Livre de Energia torna mais atrativos os investimentos em parques eólicos, usinas de biomassa e pequenas hidrelétricas (PCHs), uma vez que as empresas com menor carga só podem acessar o ambiente livre se adquirirem energia renovável.


Tags: Mercado Livre de Energia Mercado Livre de Energia Elétrica

Compartilhe essa notícia:
Fale Conosco
São Paulo
  • Alameda Santos, 1.940 – Conj. 22
    Cerqueira César - São Paulo – SP – CEP 01418-102
  • Tel.: +55 11 4564-4600 / +55 11 2730-6370
  • contato@primeenergy.com.br
  • Segunda a sexta-feira: das 9h às 18h
Londrina
  • Avenida Higienópolis, 1601, sala 1105
    Jardim Higienópolis - Londrina – PR – CEP 86015-010
  • Tel.: +55 43 3037-6660
  • contato@primeenergy.com.br
  • Segunda a sexta-feira: das 9h às 18h
Fortaleza
  • Rua Dr. Gilberto Studart, 55 – Sala 314 T1
    Cocó - Fortaleza – CE – CEP 60192-105
  • Tel.: +55 85 2180-5080
  • contato@primeenergy.com.br
  • Segunda a sexta-feira: das 9h às 18h

Prime Energy
Alameda Santos, 1.940 – Conj. 22 - Cerqueira César, São Paulo - SP, 01418-102, Brasil
-23.5604012
-46.659493
Telefone: +55 11 4564-4600
Telefone: +55 11 2730-6370
contato@primeenergy.com.br