Para enfrentar crise hídrica, governo apresenta nova bandeira

Bandeiras Tarifarias - 01/09/2021

Prime Energy
Research

 

Com a piora do cenário hídrico e o aumento substancial da geração de energia por fontes termelétricas, o Ministério de Minas e Energia – MME e a Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel, apresentaram novas medidas para o enfrentamento da crise energética no país. Dentre as novas medidas, foi apresentada uma nova faixa para as Bandeiras Tarifárias, que deverão impactar os clientes até abril de 2022.

 

A nova Bandeira Tarifária, denominada de Bandeira Escassez Hídrica, deverá ter vigência de primeiro de setembro de 2021 até abril de 2022. O novo valor conduz um aumento próximo de 50% quando comparado a Bandeira Vermelha Patamar 2, ficando em R$ 142,00/MWh. Mas fique tranquilo, esse aumento de custo será apenas no mercado regulado.

 

Os consumidores livres não pagam o mecanismo de Bandeiras Tarifárias.

WhatsApp