Certificados I-REC:
Guia Completo para o Mercado de Energia Renovável Brasileiro

Conheça mais sobre o certificado I-REC

A certificação rumo ao desenvolvimento sustentável

Em um mundo cada vez mais consciente da importância da sustentabilidade, a busca por energia renovável e soluções energéticas limpas que consigam aliar performance e economia se intensifica.
No Brasil, essa busca se traduz em um mercado de energia em constante crescimento, impulsionado por fontes como solar, eólica e hidrelétrica. É aí que surge a necessidade de ferramentas que garantam a rastreabilidade e a confiabilidade da origem da energia consumida.
Uma dessas alternativas são os Certificados Internacionais de Energia Renovável (I-REC).
Neste material, apresentamos um guia completo para que você saiba o que são esses modelos de certificação, quais informações eles representam e a ainda qual é a melhor forma de você adquirir um para o seu negócio.

O que são I-RECs?

Os I-RECs são instrumentos negociáveis que representam 1 MWh de energia gerada a partir de fontes renováveis. Eles funcionam como um selo de garantia, atestando que a energia consumida por uma empresa ou organização provém de fontes limpas e sustentáveis.

Certificação I-REC

PrimeCast

Denis Ribeiro da Prime Energy traz importantes dados sobre a International Renewable Energy Certificate (I-REC).
Dez. de 2022 • 11min 22s
Entenda a importância dos I-RECs no contexto global de descarbonização
A expansão da geração de energia a partir de fontes renováveis é fundamental para reduzir a dependência de combustíveis fósseis e alcançar as metas de descarbonização.
Nesse sentido, o investimento neste tipo de certificação é uma forma de incentivar que as principais metas estejam sendo colocadas em prática, uma vez que as empresas precisam garantir que estão realizando as compensações e adaptações necessárias.
Mas, que metas são essas e de onde elas vêm?
O combate às mudanças climáticas se tornou um desafio crucial para a humanidade, exigindo ações urgentes e em larga escala. Nesse contexto, as metas globais de transição energética e descarbonização assumem um papel central na construção de um futuro mais verde e sustentável. Conheça alguns acordos Internacionais e Compromissos Nacionais:
Acordo de Paris
Adotado em 2015, o Acordo de Paris estabelece um marco histórico na luta contra as mudanças climáticas. O objetivo principal do acordo é limitar o aumento da temperatura média global a bem abaixo de 2°C, preferencialmente a 1,5°C, em relação aos níveis pré-industriais. Para alcançar essa meta, os países signatários se comprometeram a reduzir suas emissões de gases de efeito estufa (GEE) de forma ambiciosa e progressiva.
As Nações Unidas estabeleceram os ODS em 2015, com 17 metas interligadas a serem alcançadas até 2030. O Objetivo 7, “Energia Acessível e Limpa”, busca garantir acesso universal à energia moderna, confiável e sustentável, além de promover a adoção de fontes renováveis ​​de energia.
Diversos países estabeleceram metas ambiciosas de descarbonização e transição energética, alinhadas aos compromissos internacionais. Por exemplo, a União Europeia visa alcançar a neutralidade de carbono até 2050, enquanto os Estados Unidos buscam reduzir suas emissões de GEE em 50-52% abaixo dos níveis de 2005 até 2030
A descarbonização e o setor elétrico
De acordo com o IPCC, o setor de energia foi responsável por 73,2% das emissões de CO2 relacionadas à energia em 2019. A porcentagem elevada tem relação com a centralidade da energia nos mais diversos processos produtivos mundiais.
Afinal, desde atividades básicas das indústrias até a manutenção de hospitais e escolas, a energia está diretamente ligada à produção e ao consumo.
Nesse sentido, dentro do contexto energético, é possível falar em três frentes de atuação que se complementam na descarbonização: a de evitar, a de reduzir ou compensar a produção do CO2.
Líderes globais na obtenção de I-RECs
Os principais países que consomem certificados I-REC são a China, com quase 12 milhões de certificados resgatados em 2021, seguida pelo Brasil, Turquia, Rússia, México e Índia. As multinacionais com operações nesses países são os principais atores envolvidos no resgate de certificados.
O que e como fazer para obter a certificação?

1. Geração de energia renovável

A empresa ou usina gera energia a partir de fontes renováveis, como usinas solares, eólicas ou hidrelétricas.

2. Auditoria e emissão de I-RECs

Um auditor independente verifica a procedência da energia gerada e emite os I-RECs correspondentes.

3. Comercialização

Os I-RECs podem ser vendidos em mercados livres de energia ou diretamente para consumidores.

4. Aquisição e consumo

Empresas e consumidores podem adquirir I-RECs para compensar o consumo de energia proveniente de fontes fósseis.
Entenda os principais benefícios dos I-RECs

Para empresas

Demonstração de compromisso com a sustentabilidade: A aquisição de I-RECs permite que as empresas comuniquem seu compromisso com práticas ambientalmente responsáveis, atraindo clientes e parceiros que valorizam a sustentabilidade.
Melhoria da imagem corporativa: A associação da marca a um consumo de energia limpa contribui para a construção de uma imagem positiva da empresa, fortalecendo sua reputação no mercado.
Atendimento a critérios ESG: Os I-RECs podem ser utilizados para atender critérios ambientais, sociais e de governança (ESG), cada vez mais valorizados por investidores e stakeholders.
Diferenciação no mercado: Em um mercado cada vez mais competitivo, a adoção de práticas sustentáveis como a aquisição de I-RECs pode ser um diferencial para se destacar da concorrência.

Para consumidores

Consumo de energia limpa: Ao adquirir produtos ou serviços de empresas que possuem I-RECs, os consumidores têm a garantia de que estão consumindo energia proveniente de fontes renováveis.
Contribuição para um futuro sustentável: A compra de I-RECs contribui para o aumento da oferta de energia renovável no mercado, impulsionando a transição para um futuro mais sustentável.
Tranquilidade e satisfação: Saber que a energia consumida vem de fontes limpas gera tranquilidade e satisfação para os consumidores que se preocupam com o meio ambiente.

Para o meio ambiente

Redução das emissões de gases de efeito estufa: A utilização de I-RECs incentiva a geração de energia renovável, o que contribui para a redução das emissões de gases de efeito estufa e para o combate às mudanças climáticas.
Promoção da sustentabilidade: O sistema I-REC promove a adoção de práticas sustentáveis no setor energético, contribuindo para a preservação do meio ambiente e para o desenvolvimento sustentável.
Estímulo ao investimento em energias renováveis: A demanda por I-RECs incentiva o investimento na geração de energia renovável, expandindo a oferta de energia limpa no mercado.
Como adquirir I-RECs no Brasil
Como adquirir I-RECs no Brasil

Mercados livres de energia

Os I-RECs podem ser negociados em mercados livres de energia, como a Bborsa Brasileira de Energia (BBL).

Emissores de I-RECs

É possível comprar I-RECs diretamente de empresas autorizadas a emitir esses certificados, como a Prime Energy.

Empresas de energia

Algumas empresas de energia oferecem a seus clientes a certificação. No entanto, é importante verificar se ela está seguindo os parâmetros I-REC ou se estão ligadas à outros tipos de iniciativas sustentáveis.
Obtenha sua certificação com a Prime Energy
Agora que você já conhece os benefícios da certificação, dê o primeiro passo em direção a um futuro energético mais limpo.

Nossas redes sociais